quarta-feira, 4 de agosto de 2010

A Incerteza dá Angústia

"Existem milhões de "se" na mente de um homem, nenhum em suas ações."
- Amanhecer Esmeralda

"Coragem não é a ausência do medo, mas a capacidade de seguir em frente, apesar do medo."
- Atribuído a Napoleâo Bonaparte

Anteontem, pouco depois de postar aqui no blog, um amigo comentou sobre o meu post (Escolhas e Expectativas) com a frase que entitula este post (que eu estou usando com a permissão dele, é claro). A frase ficou martelando na minha cabeça esses dois dias e tenho que concordar com ela. A incerteza, o não-saber, causa angústia, medo, apreensão, ansiedade... Mas como seria um mundo sem incerteza?

Comecei a me imaginar em um mundo onde eu soubesse o desvelar de cada escolha. Onde eu soubesse o que eu iria conseguir, e o que eu não conseguiria não importa quanto eu tentasse. Não sei se você que está lendo isso também está fazendo esse pequeno exercício existencial, mas pelo menos eu senti uma enorme angústia ao fazê-lo.

Nesse caso, a angústia veio do tédio que uma realidade assim traria. Não haveria mais a emoção de conquistar algo, simplesmente porque já se saberia ter conquistado antes mesmo de se iniciar. Também não haveria decepção por tentar algo que já saberíamos de antemão que daria errado... mas também não haveria a esperança para fazer assim mesmo.

Hoje, caminhando na rua após a chuva, vi várias pessoas (acredito que cerca de metade delas, mais ou menos) ainda tinham seus guarda-chuvas abertos, mas não estava mais chovendo. Só que elas não tinham como saber, pois estavam embaixo dos seus guarda-chuvas. Percebem a contradição aqui? Nos protegemos do mundo porque ele nos ameaça, nos fere, nos angústia, mas só saberemos se a ameaça se foi se nos abrirmos ao mundo. Se pelo menos por um instante nos permitirmos sair do guarda-chuva e corrermos o risco de nos molhar.

O que torna os humanos, humanos, é esse não saber, esse desconhecimento ativo de para onde as coisas vão e ainda assim... ir em direção as coisas.

Pelo menos em minha opinião...Mas quem sou eu pra ter certeza?

Nenhum comentário: