domingo, 4 de março de 2012

Paciência e Perseverança

Conta o dito popular que a paciência é uma virtude, e que deve ser cultivada. Confesso que a minha morreu sem dar flores ou frutos, nem ao menos folhas. Nunca tive muita paciência, essa coisa de ficar esperando as coisas acontecerem parado.

Não é que eu não espere que coisas aconteçam. Eu espero! Tenho sempre a esperança de coisas boas acontecerem, para mim e para as pessoas ao meu redor, assim como para o mundo. Mas odeio a ideia de ficar parado sem fazer nada sem saber o que fazer para que elas ocorram.

Entretanto, tenho aprendido que, ação sem o momento certo se tornam energia desperdiçada. Algumas vezes é preciso parar, não de uma forma passiva, mas ativamente observando o mundo ao meu redor, buscando perceber o melhor momento e a melhor forma de agir. Sempre tentando alinhar a minha vontade, as minhas necessidades, e o movimento do mundo.

Os orientais chamam isso de "wu wei", "seguir o fluxo". Observar o fluxo da vida e seguir com ele, ao invés de lutar contra ele, o que só gera sofrimento e dificuldades.

Até o momento, esta mudança de postura tem me trazido muitos benefícios e crescimento, alimentando a esperança que eu citei lá em cima. E me permitindo perceber em problemas, oportunidades de agir de forma diferente.

Talvez eu nunca aprenda a ser paciente, mas acho que estou aprendendo a ser perseverante...

Nenhum comentário: