sexta-feira, 27 de abril de 2012

Nanocontos - 26/04/2012

Como um exercício criativo, comecei ontem a postar nanocontos na minha conta do twitter (www.twitter.com/andarilhor).

Um nanoconto é uma história contida em um espaço curto de caracteres, no caso eu estou usando um máximo de 129 (11 são para a hashtag #nanoconto), e é interessante tentar expressar uma cena, uma ideia, em um espaço tão curto.

Não sei se farei isso todos os dias, mas sempre que fizer estarei postando aqui os nanocontos que escrevi no dia anterior.

Comentários são bem vindos.

Grande abraço, e divirtam-se:

---------------------------------------------------------------------------------

Quando o último grão se soltou do topo da ampulheta, ele tambem se lançou no vazio, tentando agarrar aquele instante derradeiro.

Diante de uma escolha, ela se dividiu. Viveram suas vidas, mas sempre com um "se". Ao se reencontrar, pediram "vamos trocar?"

Um momento, era tudo o que queria. Estar com ela novamente, mesmo que por um mísero momento, seria a eternidade...

Corria sempre atrasado, nunca chegando ao presente, sempre no passado. De tanto correr, acabou adiantado. Continuou desalinhado.

Nenhum comentário: